Sexta, 19 de Janeiro de 2018
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Notícias

Públicada em 20 de Dezembro de 2017
Cooperativas cearenses do Ramo Agro lotam Seminário

Representantes do cooperativismo agropecuário cearense estiveram reunidos nesta quarta-feira (20) para um Seminário focado nos resultados e projetos futuros para as cooperativas da agricultura familiar. O Encontro contou com a presença de presidentes, cooperados e funcionários de 18 cooperativas entre região metropolitana de Fortaleza e interior do Estado. O Seminário do Ramo Agropecuário teve abertura oficial feita pelo Presidente do Sistema OCB-SESCOOP/CE, João Nicédio Alves Nogueira, que falou da importância do encontro. “O cooperativismo agropecuário do nosso Estado tem uma capacidade enorme de crescer. Nós já estamos com um trabalho muito significativo com as cooperativas, por isso este auditório tão cheio de representantes que querem crescer ainda mais.”, comemorou o Presidente.

Além de representantes do Ceará, o encontro das cooperativas agropecuárias teve a presença do coordenador do ramo agropecuário da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Paulo César Dias do Nascimento Júnior, que apresentou o panorama atual do ramo agropecuário no Brasil. Em seguida foi a vez do Presidente do Sistema OCEPAR (PR), José Roberto Ricken, falar sobre as boas ações feitas no cooperativismo paranaense e que servem de inspiração a tantas outras cooperativas no Brasil. “Eu vejo claramente que a região aqui do Ceará tem um potencial enorme de negócio. Eu desconheço uma região que tenha mais oportunidade que este Estado que está geograficamente localizado a apenas seis horas de voo da Europa. Isso é uma grande oportunidade com certeza.” disse o Presidente.

O Seminário do Ramo Agropecuário do Ceará é uma realização do Sistema OCB-SESCOOP/CE através do Projeto Agro: uma iniciativa que vem dando muito resultado aos produtores das cooperativas. “O que nós da Unidade Estadual queremos é exatamente essa união entre eles (cooperados). Queremos um cooperativismo mais forte ainda e tenho certeza de que isso está acontecendo de maneira mais organizada.”, comentou o Gerente de Monitoramento, Francisco Alves Queiroz.

Durante a programação do Seminário as cooperativas participantes puderam expor seus produtos e trabalhar o processo de intercooperação entre as cooperativas. Queijos, frutas, verduras, legumes, rapadura, farinha, etc., foram alguns dos produtos apresentados durante a exposição. Além da exposição, cada cooperativa presente teve a oportunidade de mostrar os resultados alcançados em 2017. 


Mais notícias