Sexta, 15 de Dezembro de 2017
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

História

HISTÓRIA

No final do século XIX, o mundo do trabalho passava por uma nova etapa da Revolução Industrial, surgida na Inglaterra no século XVIII. As extenuantes jornadas de trabalho, os baixos salários, a exploração do trabalho infantil eram apenas algumas das conseqüências da industrialização. As cidades atraíam cada vez mais trabalhadores do campo, o que levou ao inchamento e à precarização social e econômica da população.

É nesse contexto que surge a Sociedade dos Probos Pioneiros de Rochdale, formada por 28 operários, 27 homens e uma mulher, em sua maioria tecelões. A iniciativa ocorre no bairro de Rochdale, em Manchester, Inglaterra.

Com apenas uma libra eles decidem abrir um pequeno armazém cooperativo, em 21 de dezembro de 1844 para armazenar grande quantidade de produtos e, assim poder consumi-los a preços mais acessíveis. Após um ano de funcionamento, o capital acumulado era de 180 libras. Em 1848, já eram 140 membros, e 3.450 sócios doze anos depois, chegando a um capital de 152 mil libras.

A sociedade passou a ser regida por um estatuto social, que continha as normas de organização e funcionamento defendidas pelos tecelões. Criaram assim, a base da filosofia do cooperativismo, bem como o modelo econômico e social cooperativista. Tanto sucesso levou ao aparecimento de outros grupos, e o cooperativismo teve a experiência de Rochdale como marco de seu surgimento.